Who the fuck are you?

outubro 13, 2010

A falta das cores tras a escuridão. E estamos esperando o taxi, o amanhecer e a hora de partir, voltar para casa. Vou rodopiar mais um vez na areia em um ballet emprovisado, segurando outros braços.

Eles estao distantes.
Frios e desconhecidos

Dançar de olhos fechados porque meu peito esta sufocado e minha garganta arranhada de tanto gritar verdades e certezas para ninguém ouvir.

é tudo sobre meu cigarro, sua voz e seu cabelo

Já nao me importo mais, sei que mudamos e fomos ao máximo. Não corro mais parada no mesmo lugar, minto em plenos pulmões para te fazer acreditar.
(…) uma caipirinha, e o amanha
o novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: