all my hate just for you.

novembro 5, 2010

Plantei o ódio do lado da minha cama enquanto todos vocês gritavam ao meu redor
e cai.
às vezes é difícil demais se levantar e seguir em frente, viver.
às vezes o mundo está totalmente contra suas vontades e a musica tocando na sua cabeça parece ser um aviso que está na hora de deixar as coisas pra trás.
Correr para um lugar novo no meio das flores e dos prédios
achar na cidade a beleza da noite.
Deixar que a dor corra por suas veias, cante sua agonia
como quem canta o amor em um dia de sol.
Sinto-me doente.
meus olhos se fecham involuntariamente, já não tenho forças para dormir
meu ossos doem estou enjoada demais pra pensar
quero me deitar por um momento
acordar em outra era onde todos vocês são uma sombra distante que me faz dançar
vou sorrir com o vento
vou morrer com seu sorriso
recolocar as asas voar para o infinito
Chorar a raiva que sinto do amor.
chorar o ontem e deixar o dia correr.
o dia não passa de uma mentira
traga-me s madrugada e ums cigarros!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: