fevereiro 12, 2011

não acredito mais em mim.
e me viro de costas pra nao ver
alguns passos pra mais perto da porta, acho que é hora de ir embora.
não quero ir pra casa, não quero ficar aqui.
não tenho um lugar meu, sou só.
em uma trilha traçada por pegadas antigas de pessoas que não conheci
e me aperta o peito a dor do ontem
eu parei de querer o amanha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: