Sobre coca zero, cigarros e chiclete de canela

maio 30, 2011

Sobre ser jovem e deixar que essa força domine suas entranhas, a invencibilidade de uma idade fictícia..
Não dormir, Não acordar,  Não achar motivos para situações simples demais
e Não ter qualquer razão guiando a mente.
A tranqüilidade do furacão arrasta os corpos para mais perto, ímãs do acaso.
A paixão pelo infinito faz da vida a aventura interminável que nos forçamos a encarar.
Já cansei das responsabilidades e discursos clichês, fazemos parte do buraco negro, somos a pior parte do todo.
Donos da incerteza e da melodia
escrevemos musicas de acordo com o humor inconstante que atormenta as noites frias.
Pode me levar para um lugar mais vazio!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: