Once upon a time there was F and N

agosto 8, 2011

A coisas estavam muito quentes naquele ano
Todo o veneno escorria dos lábios dela,
Mas ele a aproximaria, destruiria seus medos
Ela faria tudo por ele.
Milhares de pássaros, os pássaros mais selvagens viviam em teus olhos.
Tudo é dourado.
Uma noite a cama pegou fogo,
Eles eram ótimos mentirosos, cheios de duvidas.
Nós vivíamos da luz da lua e pacotes de cigarros.
Era uma tarde de um sábado como os outros,
N o lobo perdido
F a cobra escondida.
Os últimos raios do medo somem com o muro
” eu realmente gosto de voce ”
Voce apareceu na minha vida muito rápido, e eu adoro.
Me revirava na nossa própria confusão,
Nossos olhos cheios de possibilidades.
Então abandonamos os disfarces, e pude ver tudo claramente.
É assim que eu me sinto,
Você é o que eu procurava,
Sua voz presente na minha cabeça,
Eu não quero que hoje acabe,
Fogo em tuas veia cada vez que encosto em tua pele.
Sexta – (eu te amo) digo meu pensamento mais real,
Lembre-se de mim nas madrugadas frias.
Eu apontei para a estrela mais brilante,
Você me diz que pode ser Marte, chuva de estrelas cadentes.
Alguns pedidos antes da noite terminar,
Meu coração bate no ritmo do seu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: