Luas, primavera e um céu .

agosto 17, 2011

Tantas vezes eu pensei em ir,
Que agora a possibilidade me parece surreal,
Não consigo mais vê-la.
Minha primavera é refletida nesses olhos,
Sentida na sua pele.
Me perco nas luas, universo todo seu,
Deliciando-me nos detalhes do amanha.
Nas manhas mais sós, respiração falha,
Mãos transformando meu desespero egoísta, mudo, com o som da sua respiração.
Um dia de sol, quero tudo apenas para você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: