outubro 31, 2011

Agüento distancias,
Tornados e furacões.
Mas um dia eu chego e fico,
Pra me deitar em teus braços e segurar a tua mão.
Manhas intermináveis todas nossas,
Vou vivendo nesses sábados,
Corro, me desfaço, destruo a realidade,
E fico do teu lado na distancia,
Pra suportar essa saudade,
E te ter em fins de semanas.
O melhor de mim tá contigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: