Quarta feira, 08:37 da manha.

dezembro 7, 2011

continua repetindo para si mesma que tudo vai ficar bem,
Que tudo vai ficar…
continuam a rolar as velhas lagrimas,
COMO PODE DOER TANTO?
Esse nó que me aperta a alma,
Sinto-me ridiculamente humana, patética.
Cheia de dores e angustias,
Feita de canções e sangue
Sonhos e cigarros.
uma noite a mais sem dormir,
Um dia a mais sem comer,
Uma vida assim, sem viver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: