dezembro 18, 2011

Sinto-me fraca,
Doente e só.
Esses últimos dias estão inundados de uma melancolia que rasga essa alma.
Vontade única de ficar na cama até esse complexo de humanidade acabar,
Minha mistura de poesia com realidade,
To cansada demais pra viver outro dia,
As dores de cabeça insistem em aumentar, e a insônia permanece.
To sem vontades, energia, brilho.
O quarto nunca me pareceu tão confortável,
O silencio tão delicioso,
A solidão tão dolorosa,
Eu tão amedrontada.
Preciso de uma noite de sono, uns cigarros e umas canções.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: