monólogo de uma pessoa só (ou duas, mas só se tu quiser)

outubro 10, 2012

oi tudo bom? tudo e voce? a gente podia ir em algum lugar alguma hora né? quem sabe a gente pode sair daqui, tem tanta gente lá dentro. queria conhecer uma cidade no deserto e uma na montanha. Será que o seu cheiro vai ficar grudado no meu travesseiro por muito tempo? eu pensei que talves, se o sol queimasse nossos rostos a gente podia começar a odia-lo e deitar um tempo sob as estrelas, sei lá, conhecendo a madrugada. e ai voce pode segurar a minha mão se voce quiser, e a gente vai falar umas coisas bobas que só a gente consegue entender, porque nossas palavras são uma língua só nossa, que só a gente entende, cheia de pensamento só nossos. Então eu poderia dormir do seu lado, acordar do seu lado, correr pra escovar meus cabelos de manha e deitar de novo. A gente poderia passar o domingo assim, fazendo um nada gostoso cheio de coisas que nós não temos que fazer, e eu não me lembraria do sabado e voce poderia me contar detalhadamente como eu dancei em cima da mesa e te fiz passar vergonha. porque voce sabe que eu sou assim né? eu bebo um pouco demais. E a gente pode dividir um cigarro e um copo de café, a gente pode dividir o dia.

a gente pode dividir a vida… se tu quiser!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: