Fuck your faith

maio 29, 2013

as semanas nunca tem fim,
são as facas arrancando cada esperança de segunda a segunda
das sete as sete.
a gente se cansa de ver a lua nascer atrás de prisão,
as barras de metal dos olhos me sufocam,
o mundo se perde em um eterna rotina, julgamentos sem fim.
de que vale o sangue correndo em tuas veias? seu grande covarde!
se perdeu na imensidão que é a realidade,
abandonastes seus sonhos,
matou teu grande herói.
é o fim dos tempos, eles venceram mais um vez.
e para nós restam os relógios quebrados e os cacos de vidro que engolimos,
de repente a morte é um alívio, o esquecimento, o fim.
EU ME RECUSO!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: